sábado, 31 de março de 2012

SELVA DE PEDRA (1972/1973)


Novela de Janete Clair inspirada no romance "Uma Tragédia Americana" de Theodore Dreiser
Direção de Reynaldo Boury e Milton Gonçalves
Direção geral de Daniel Filho e Walter Avancini
Emissora: Rede Globo
Horário: 20h
Apresentada de 10 de Abril de 1972 a 23 de Janeiro de 1973
243 capítulos





  Em 1972 a Rede Globo colocou no ar aquela que seria considerada o seu maior fenômeno de audiência. Selva de Pedra, da consagrada Janete Clair e dirigida inicialmente por Daniel Filho, substituído depois por Walter Avancini (em sua estréia na emissora carioca) se transformou em um verdadeiro fenômeno, alcançando 100% de audiência no Rio de Janeiro, durante o capítulo 152, quando Rosana Reis (Regina Duarte) é desmascarada por estar usando falsa identidade.

  A trilha sonora nacional, composta por Marcos Valle e Paulo Sérgio Valle não registrou nenhum grande sucesso apesar de ter músicas interessantes. O tema de abertura, “Selva de Pedra” com Orquesta e Coro Som Livre foi marcante e permanece até hoje no imaginário dos noveleiros. “Capitão de Indústria” de Djalma Dias dá o tom exato do clima da trama de Janete Clair. Ainda com destaque, as canções “Simone” interpretada por Ângela Valle e Eustáquio Sena, “Corpo Sano em Mente Sã de Osmar Milito & Quarteto Forma, além de “O Beato”, cantada por Marcos Valle.

  No disco internacional, a mais emblemática das canções de novela: “Rock And Roll Lullaby”, de B.J. Thomas. Impossível não ouvir essa música sem lembrar da novela (em qualquer das suas versões). O rei do pop, Michael Jackson, também bate ponto com a inspirada “Ain’t No Sunshine”. A curiosa e deliciosa “Jesus” com Billbox Group, e La Question de Françoise Hardy, ajudam a trilha a compor o panorama musical pop do início dos anos 70.



01. CAPITÃO DE INDÚSTRIA - Djalma Dias
02. MANDATO - Osmar Milito e Quarteto Forma
03. SIMONE - Ângela Valle e Eustáquio Sena
04. CORPO SANO EM MENTE SÃ - Ormar Milito e Quarteto Forma
05. SELVA DE PEDRA - Orquestra e Coral Som Livre
06. RHYTHMETRON OP 27 - Marlos Nobre
07. O BEATO - Marcos Valle
08. LIGAÇÃO - Orquestra e Coral Som Livre
09. AMÉRICA LATINA - Osmar Milito e Quarteto Forma
10. CORPO JOVEM - Luís Roberto
11. LONGO DE DIOR - João Luiz
12. RITUAL - Marlon Nobre





01. ROCK AND ROLL LULLABY - B.J. Thomas
02. JESUS - Billbox Group
03. FLOY JOY - The Supremes
04. AIN'T NO SUNSHINE - Michael Jackson
05. SON OF MY FATHER - Giorgio
06. A TASTE OF EXCITEMENT - Carnaby Street Pop Orchestra and Choir
07. LA QUESTION - Françoise Hardy
08. MARY BLIND MARY - Laurent & Mardi Gras
09. IF YOU WANT MORE - Free Sound Orchestra
10. FEEL THE NEED - Damon Shawn
11. LET IT RIDE - Hard Horse
12. FRIGHTENED GIRL - Silent Majority

3 comentários:

  1. Eike delícia! Rock and roll lullaby é o clássico dos clássicos de novela. Post mais que obrigatório!

    ResponderExcluir
  2. adoro a música de abertura, aquela do ÔOOOOOOO, conheci há pouco a triha nacional e adoro a música da fernanda...e capitão de indústria, da inter , só lembro na novela de rock in roll lullaby mesmo...muito emblemática naquela época...

    ResponderExcluir
  3. Françoise Hardy em uma trilha internacional de novela da Globo! Precisa mais?

    ResponderExcluir